×

Instalação de Placas Solares Fotovoltaicas

Conectado a Rede Elétrica - On Grid
Aproveite este sol abundante do nosso país, uma fonte de energia inesgotável, renovável diariamente e disponível para todos.
Pare de pagar energia para as concessionárias, gere sua própria energia limpa e sustentável.
Seja mais um Brasileiro a colaborar com o meio ambiente.

Solicite agora mesmo um orçamentoaqui, pelo telefone ou whatsapp

(11) 99812-8422 Thiago
(11) 99863-6347 Guilherme

  • Composição das placas solares
    A energia produzida diretamente da luz solar é chamada de Fotovoltáica. E o casamento de duas palavras; FOTO que significa LUZ e VOLTAICA que vem da palavra VOLT. Do que são feitas as celulas solares? A maneira mais tradicional de fabricar uma celula fotovoltáica é com fatias super finas de cilício. O cilício é o segundo elemento mais abundante da face da terra
  • Calor em forma de Energia
    Diariamente muita enetgia chega ao planeta de forma gratuita e limpa. Os raios solares alem de trazerem a luz e calor essencial para a vida na terra podem gerar energia tanto na forma de calor quanto eletricidade.
  • Célula Solar Produzindo Energia
    Como a eletricidade produzida na célula fotovoltaica chega até a rede elétrica? A eletricidade produzida nas células vai para o equipamento chamado inversor, ressponsável por deixar com as características da rede eletrica. Quando o sistema é instalado em edificações, a eletricidade solar pode ser usada nos eletrodomesticos e lâmpadas, oque não for consumido no local poderá ser lançado na rede elétrica.

Painéis solares fotovoltaicos são dispositivos utilizados para converter a energia da luz do Sol em energia elétrica.

Os painéis solares fotovoltaicos são compostos por células solares, assim designadas já que captam, em geral, a luz do Sol.

Estas células são, por vezes, e com maior propriedade, chamadas de células fotovoltaicas, ou seja, criam uma diferença de potencial elétrico por ação da luz (seja do Sol ou da sua casa).

.As células solares contam com o efeito fotovoltaico para absorver a energia do sol e fazem a corrente elétrica fluir entre duas camadas com cargas opostas.
Jund Solar

Clique no link para simular financiamento

https://www.portalsolar.com.br/financiamento-iframe/JUND_SOLAR
Empresa Responsável pela instalação (código): JUND5660SP

As Resoluções Normativas 482/2012 e 687/2015 da ANEEL estabelecem as condições gerais para a conexão à rede da microgeração (potência instalada menor ou igual a 75kWp) e minigeração (potência instalada entre 75kWp e 5MWp) distribuída no Brasil e criou o Sistema de Compensação de Energia. Este permite que sistemas fotovoltaicos – e outras formas de geração de energia a partir de fontes renováveis com até 5MW de potência instalados em residências e empresas – se conectem a rede elétrica de forma simplificada, atendendo o consumo local e injetando o excedente na rede, gerando créditos de energia. Desta forma, é possível praticamente zerar a conta de luz com o uso da energia solar, pagando apenas o custo de disponibilidade da rede.Quando um sistema fotovoltaico estiver gerando eletricidade, esta será consumida no local. Caso a geração seja maior que o consumo, o excedente é injetado na rede elétrica, gerandocréditos de energia. Quando a geração for menor do que o consumo, será utilizada a energia da própria rede elétrica. Os créditos de energia possuem o mesmo valor da eletricidade da rede e podem ser utilizados para abater o consumo, diminuindo assim o valor da conta de energia.

Ao final do mês, é realizado o balanço de quanto foi injetado e quanto foi consumido. Caso em um mês a geração tenha sido maior que o consumo, os créditos de energia podem ser utilizados nos meses seguintes com validade de 60 meses. Esses créditos também podem ser utilizados para compensar o consumo de outras unidades previamente cadastradas para este fim e atendidas pela mesma distribuidora – cujo titular tenha o mesmo CPF ou CNPJ da unidade com sistema fotovoltaico, ou de outras unidades consumidoras unidas na forma de cooperativas ou consórcios. Ainda de acordo com a Resolução 482, o consumidor deverá pagar à distribuidora de energia o custo de disponibilidade da rede, como pode ser visto abaixo.

GrupoConsumidor Custo de disponibilidade

Grupo A: AltaTensão (Indústrias e Empresas) Demanda Contratada em kW

Grupo B:Ligação Monofásica ou Bifásica a 2 condutores Equivalente a 30kWh

Grupo B:Bifásica a 3 condutores Equivalente a 50kWh

Grupo B:Trifásica Equivalente a 100kWh